O melhor de Portugal é o seu povo

O melhor de Portugal… são os portugueses

O melhor de Portugal são os portugueses. É esta a mensagem do novo filme promocional do Turismo de Portugal, que pretende mobilizar os cidadãos nacionais em torno de um objetivo comum: tratar bem quem nos visita para incentivar ao regresso.

O filme “Portugal, Portugueses”, com banda sonora original de Dead Combo e Mário Pacheco, foi dado a conhecer esta semana e conta breves histórias de turistas que passaram pelo nosso país e que, embora encantados com todas as experiências que tem para oferecer, se deixaram, sobretudo, seduzir pela hospitalidade e disponibilidade dos portugueses.
Os jovens Marc Schmidt e Yann Bimmer, de Roskilde, na Dinamarca, são dois dos turistas que partilham a sua experiência. “Portugal, país lindo. Bons museus, bares fixes…”, comenta Bimmer, até que o amigo o interrompe. “Mas sabes, o melhor foi a Ana”, confessa, referindo-se a uma portuguesa que os ajudou quando estavam perdidos e os levou a conhecer recantos da sua cidade.
“As coisas são feitas com muita simplicidade e com amor. Sabem melhor”, conta, por seu lado, Mercedes de La Sierra, uma espanhola natural de Saragoça que admite ser apaixonada pela gastronomia lusitana.
Já para uma família brasileira de Belo Horizonte e que também partilha o seu testemunho, o que ficou na memória foi a simpatia do guia turístico, o Sr. Eurico, “com o seu jeitinho português” e os conhecimentos profundos de Lisboa, que ajudou a conhecer até ao mais pequeno pormenor.
“Em cada gesto amistoso, em cada sorriso, em cada tentativa de falar a língua de um estrangeiro, estão nove séculos de história e de cultura, de abertura ao mundo e de vontade para olhar para um desconhecido como um possível amigo”, defende este novo filme.
O vídeo, que termina com a citação “Põe quanto és No Mínimo que fazes” de Ricardo Reis, heterónimo de Fernando Pessoa, e já foi visto quase 90 mil vezes, será, brevemente, lançado com legendas em inglês, francês, espanhol e alemão.
Veja o vídeo abaixo:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *