Passos Coelho apresenta governo reduzido de 11 ministros

Passos Coelho apresenta Governo reduzido de 11 ministros

Passos Coelho apresenta Governo reduzido de 11 ministros

Foi anunciada hoje a composição do XVIII Governo Constitucional, o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, apresentou nesta sexta-feira a composição do novo governo, reduzido a onze ministros, entre eles o economista Vitor Gaspar, ex-conselheiro da Comissão Europeia e do BCE, no ministério das Finanças.
No governo aparecem quatro ministros do Partido Social Democrata (PSD, centro-direita), vencedor das eleições legislativas antecipadas de 5 de junho, três membros do partido minoritário de direita CDS-PP e quatro independentes, segundo a lista publicada pela presidência da República.

O novo governo entrará em funções na próxima terça-feira, anunciou Passos Coelho, após uma conversa com o presidente Anibal Cavaco Silva.

 

 

PEDRO PASSOS COELHO (PSD)

Primeiro-ministro

Pedro Passos Coelho, 46 anos, chegou a líder do PSD em Março de 2010 com 61 por cento dos votos nas eleições internas do partido, sucedendo Manuela Ferreira Leite. Foi presidente da Juventude Social Democrata entre 1990 e 1995.

Depois de estar um tempo afastado da vida política, regressa em 2008 como candidato a líder do PSD. Levou o partido a vencer as eleições de Junho de 2011, com 38,6% – resultado que obrigou o PSD a procurar a coligação com o PP para conseguir maioria parlamentar.

PAULO PORTAS (CDS-PP)

Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros

Do Direito para a política, da política para o jornalismo. E de volta à política. Paulo Portas já foi jurista, diretor de um jornal e ministro.

Nas eleições legislativas de 2009 voltou ao ataque à frente do CDS-PP, numa campanha que diz querer fazer “no terreno”.

Nas legislativas de 2011 o PP conseguiu 11.7% dos votos, abrindo caminho à coligação PSD-PP.

MIGUEL MACEDO (PSD)

Ministro da Administração Interna

Miguel Bento Martins da Costa Macedo e Silva nasceu em 1959 e é licenciado em Direito.

O líder parlamentar do PSD foi eleito deputado nas V, VI, VII e VIII legislaturas.

Ao longo da sua carreira política desempenhou também os cargos de Secretário de Estado da Juventude no Governo Constitucional, Secretário de Estado da Justiça nos XV e XVI Governos e membro da Assembleia Municipal de Braga.

VÍTOR GASPAR (INDEPENDENTE)

Ministro de Estado e das Finanças

Vítor Gaspar, com um reconhecido percurso na área da Economia das Finanças,  desempenhou as seguintes funções: diretor do Gabinete de Estudos Econômicos do Ministério das Finanças, Diretor do Departamento de Estatística e Estudos Econômicos do Banco de Portugal e Diretor do Departamento de Estudos Econômicos do Banco Central Europeu.

Atualmente, é Consultor da Administração do Banco de Portugal.

ÁLVARO SANTOS PEREIRA (INDEPENDENTE)

Ministro da Economia e do Emprego

Álvaro Santos Pereira nasceu na cidade de Viseu, em 1972. Doutorou-se em Economia pela Simon Fraser University, em Vancouver.

Deu aulas em várias universidades estrangeiras, nomeadamente na University of British Columbia, na Universidade de York e na University of British Columbia.

Desde 2001 tem colaborado regularmente com o Diário de Notícias e o Diário Económico, como colunista. Ocasionalmente, escreve para outras publicações, como o Expresso, a Revista Exame e o Jornal de Notícias.

ASSUNÇÃO CRISTAS (CDS-PP)

Ministério da Agricultura, Mar e Território

Nascida em 1974, Assunção Cristas é professora universitária de Direito. Foi adjunta da ministra da Justiça no XV Governo Constitucional e diretora do Gabinete de Política Legislativa e Planeamento deste ministério.

Membro da Comissão Política Nacional do CDS-PP desde maio de 2007, passou a integrar a Comissão Executiva do partido em janeiro de 2009, data em que assumiu a vice-presidência.

Coordenou a elaboração do programa do CDS-PP para as eleições legislativas de 2009 e fez parte da Comissão de Orçamento e Finanças.

JOSÉ PEDRO AGUIAR-BRANCO (PSD)

Ministério da Defesa

Advogado, natural do Porto. Foi cabeça de lista do PSD no círculo do Porto nas duas últimas eleições legislativas. Em 2010 desempenhou o cargo de vice-presidente dos sociais-democratas e já foi candidato à liderança do partido, contra Passos Coelho e Paulo Rangel. Com uma longa carreira no Partido Social Democrata, foi membro do Conselho Nacional da JSD (1977-1984) e membro do Conselho de Jurisdição (1976 e 1995-1997), do Conselho Nacional (1982-1984 e 1988-1990) e da Comissão Política (1996-1998 e 2007-2010) do PSD.

Foi ministro da Justiça do XVI Governo Constitucional, chefiado por Santana Lopes (2004-2005), presidente da Assembleia Municipal do Porto (2005-2009) e deputado à Assembleia da República (2005-2009), onde liderou o Grupo Parlamentar do PSD (2009-2010).

PAULA TEIXEIRA DA CRUZ (PSD)

Ministério da Justiça

Paula Maria Von Hafe Teixeira da Cruz nasceu em Luanda, em 1960, e licenciou-se em Direito. Foi professora na Faculdade de Direito de Lisboa e no Instituto de Estudos Superiores Financeiros e Fiscais.

Entre 2003 e 2005 foi membro do Conselho Superior da Magistratura. Entre 2002-2005 integrou o Conselho Geral da Ordem dos Advogados.

A par destas funções, entre 1999-2003 pertenceu ao Conselho Superior do Ministério Público. Paula Teixeira é militante do PSD desde 1995. É, atualmente, vice-presidente da Comissão Política Nacional do PSD e exerceu as mesmas funções sob a direção de Luís Marques Mendes entre 2005-2006.

PEDRO MOTA SOARES (CDS-PP)

Ministro dos Assuntos Sociais

Pedro Mota Soares nasceu em 1972 e licenciou-se em Direito.

Ao longo da sua carreira na política assumiu vários cargos, entre eles: Secretário Geral do CDS-PP, Membro da Comissão Diretiva de CDS-PP, Deputado à Assembleia da República na VIII Legislatura, Vice-Presidente do grupo Parlamentar do CDS-PP, Presidente da Juventude Popular, Presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP na X Legislatura.

PAULO MACEDO (INDEPENDENTE)

Ministro da Saúde

Nasceu em 1963 e é Licenciado em Gestão de Organização e Gestão de Empresas.

Atualmente, é vice-presidente do conselho de administração executivo do Millennium BCP.

Entre 2004 e 2007, trabalhou na Caixa Geral de Depósitos. O seu trabalho nesta instituição fez com que fosse apontado como um dos principais responsáveis modernização e informatização da máquina fiscal. Antes de desempenhar estas funções, foi administrador da Companhia Portuguesa de Seguros de Saúde, S.A. (Médis).

NUNO CRATO (INDEPENDENTE)

Ministro Educação e do Ensino Superior

Nuno Crato nasceu em Lisboa em 1952. Matemático e Estatístico, é atualmente Pró-Reitor da Universidade Técnica de Lisboa e, desde o ano 2000, professor no Instituto Superior de Economia e Gestão.

Em 2008 foi condecorado com o grau de Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

No mundo dos negócios é de referir a sua nomeação para presidente executivo do Taguspark, em 2010.

MIGUEL RELVAS (PSD)

Assuntos Parlamentares

Miguel Fernando Cassola de Miranda Relvas nasceu em Lisboa, em 1961 e licenciou-se em Ciência Política e Relações Internacionais pela Universidade Lusófona.

Entre 1987 e 1989 foi secretário-geral da JSD. Mais tarde, foi nomeado deputado à Assembleia da República.

Atualmente é secretário-geral do PSD. Em 2002, desempenhou o cargo de secretário de Estado da Administração Local, no governo de Durão Barroso.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *