cidade-Barcelos

Cidade de Barcelos

HISTÓRIA

Bandeira de Barcelos

Bandeira de Barcelos

As origens da localidade de Barcelos são bem antigas, remontando a povoados pré-históricos e tendo sido habitada por diversos povos como Cartagineses ou Romanos.

 

Em 1140 recebia já foral do primeiro Rei Português, D. Afonso Henriques, atestando desde logo a importância do local que desde sempre assumiu uma posição estratégica na comunicação entre o litoral e interior, Portugal e Castela.

Terra de rica história e fortes tradições é, também, dona de um património fenomenal, como é visível mal se chega à cidade através da sua Ponte do século XIV, ou na sua Igreja Matriz (século XIII), na Torre de Menagem (século XV), no românico/gótico Pelourinho, nas Igrejas de Nossa Senhora do Terço, da Misericórdia e do Bom Jesus da Cruz ou mesmo nas ruínas do Paço dos Duques de Bragança ou dos Condes de Barcelos onde está instalado o Museu Arqueológico.

Brasão de Barcelos

Brasão de Barcelos

DEMOGRAFIA

Barcelos, segundo os dados oficiais, tem uma população superior a 122 mil habitantes, e constitui     um dos Municípios mais populosos a Norte da Área Metropolitana do Porto. Neste plano, é também o 3.º Concelho com maior índice de jovens residentes com idade inferior a 18 anos.O município de Barcelos encontra-se, atualmente, no ranking dos municípios portugueses que registram um maior crescimento populacional em número de residentes. Entre 1991 e 2001, verificou-se um aumento de 10.434, o que representa cerca de 10 por cento.  Barcelos encontra-se também na lista dos concelhos portugueses com maior saldo natural. O concelho mantém elevados valores de natalidade, estando não só entre os primeiros em Portugal como de toda a Europa Comunitária. Pelo contrário, registra valores muito baixos de mortalidade, o que se reflete num crescimento natural francamente positivo, em termos populacionais.Em termos do número de famílias, e segundo os últimos dados dos Censos 2001, no município barcelense existem cerca de 35 mil famílias, mais 27,4 por cento que no ano de 1991. Em todo o concelho, existem perto de 32 mil edifícios e mais de 40 mil alojamentos.

Localização de Barcelos

Localização de Barcelos

LOCALIZAÇÃO

 

Barcelos é o maior concelho de Portugal, em número de freguesias. São 89 as freguesias que se localizam entre os vales dos rios Cávado e Neiva. A dinâmica do seu povo está refletida na grandeza do artesanato – cujo exemplo mais flagrante é o Galo de Barcelos -, mas o concelho é hoje um produto da sua história, tipicidade e heranças que se preservam, a que se alia um forte desenvolvimento econômico.  Bem incrustado no coração do Minho, em Barcelos o visitante pode encontrar, em vários elementos, atrativos fortes para uma estada demorada.Além do artesanato, que é imagem de marca e se reveste de uma importância notória, igualmente o patrimônio arquitetônico merece atenção. São os casos da Igreja Matriz (século XIII), Torre de Menagem (século XV), ou o Pelourinho, testemunho da herança do romano e do gótico. Daqui até à Franqueira são dois passos. E dali, a vista é extasiante. Dá calma e paz estender os olhos até ao litoral e saborear o azul do mar lá longe, ou do verde da montanha da Serra do Gerês.É uma cidade portuguesa no Distrito de Braga, região Norte e subregião do Cávado, com cerca de 20.625 habitantes.É sede de um município com 378,70 km² de área e 124 555 habitantes (2008), subdividido em 89 freguesias (é o concelho com maior número de freguesias em todo o país). O município é limitado a norte pelos municípios de Viana do Castelo e Ponte de Lima, a leste por Vila Verde e por Braga, a sueste por Vila Nova de Famalicão, a sudoeste pela Póvoa de Varzim e a oeste por Esposende.O ponto mais elevado do concelho situa-se no alto de S. Gonçalo, a 488 metros de altitude, na freguesia de Fragoso.Concelho atualmente presidido por Fernando Reis.O concelho de Barcelos recebeu foral de D. Afonso Henriques em 1140.

LUGARES PARA VISITAR

Entre os diversos lugares para se visitar em Barcelos, recomendamos:

  • Paço dos Condes de Barcelos
  • Igreja Matriz de Barcelos
  • Ponte de Barcelos
  • Torre do Cimo da Vila
  • Pelourinho de Barcelos
  • Igreja do Bom Jesus da Cruz
  • Castelo de Faria
  • Igreja de Santa Maria de Abade de Neiva
  • Torre de Manhente
  • Museu da Olaria




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *